Pesquisa de Processos

Número do processo:
1
Nome do processo:
IKEA Holding / PEP
Data de notificação:
2018-01-03
Data de produção de efeitos:
2018-01-03
Data de decisão:
2018-01-31
Descrição do processo:
A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela INGKA Holding B.V. ("IKEA Holding"), a empresa holding do grupo internacional IKEA, através da sua subsidiária portuguesa IKEA Portugal - Móveis e Decoração Lda., do controlo exclusivo sobre o Parque Eólico do Pisco S.A. ("PEP"), mediante a aquisição da totalidade das ações representativas do capital social da referida sociedade, atualmente detidas pela WINDPARTNERS RENOVÁVEIS, LDA..

Companhias

Nome:
INGKA Holding B.V. ("IKEA Holding")
Descrição:
Grupo internacional de origem sueca especializado na venda de móveis domésticos "prontos a montar", utensílios de cozinha e acessórios para a casa. Em Portugal, o grupo desenvolve a sua atividade de retalho através da sua subsidiária IKEA Portugal, Móveis e Decoração Lda., e a sua atividade de exploração de centros comerciais através da sua subsidiária IKEA Centres Portugal, S.A..
Nome:
Parque Eólico do Pisco S.A.
Descrição:
Sociedade que se dedica ao negócio de geração, distribuição e venda de energia elétrica com recurso a fontes renováveis, designadamente a energia eólica, através da construção, exploração de parques eólicos e de linhas de transporte de energia elétrica.

Notícias

Data:
2018-01-10
A IKEA Holding notifica a aquisição de controlo exclusivo sobre a sociedade Parque Eólico do Pisco.

(publicado Aviso no Diário de Notícias e no Jornal de Negócios, de 10 de janeiro de 2018)

Data:
2018-01-31
O Conselho da AdC adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração n.º 1/2018 - IKEA Holding / PEP .

Em 31 de janeiro de 2018, o Conselho de Administração da Autoridade da Concorrência, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea d) do n.º 1 do artigo 19.º dos Estatutos, aprovados pelo Decreto-Lei n.º 125/2014, de 18 de agosto, delibera adotar uma decisão de não oposição à presente operação de concentração, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 50.º da Lei da Concorrência, uma vez que a mesma não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado da produção de energia elétrica.

Actividades

  • Produção de energia elétrica

Documentos

Título Tipo Data
Anúncio 08-01-2018
Decisão pública 1ª fase 31-01-2018