O Conselho da Autoridade da Concorrência adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração 24/2012 - London Stock Exchange / LCH. Clearnet

Em 7 de dezembro de 2012 o Conselho da Autoridade da Concorrência, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea b) do n.º 1 do artigo 17.º dos respetivos Estatutos, aprovados pelo Decreto-Lei n.º 10/2003 de 18 de janeiro, delibera não se opor à realização da operação de concentração, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 35.º da Lei n.º 18/2003, de 11 junho, uma vez que a operação projetada não é suscetível, à luz dos elementos recolhidos, de criar ou reforçar uma posição dominante, da qual resultem entraves significativos à concorrência efetiva nos seguintes mercados: (i) no mercado europeu da compensação de ações admitidos à negociação em Portugal; (ii) no mercado europeu da compensação de ações negociadas em Portugal; (iii) no mercado europeu da compensação de ações admitidas à negociação e negociadas no EEE; (iv) no mercado europeu de compensação de instrumentos de rendimento fixo; (v) no mercado europeu da negociação e compensação de derivados negociados em bolsa; (vi) no mercado europeu da negociação de ações admitidas à negociação em Portugal; (vii) no mercado europeu da negociação de ações pan-europeias e; (viii) no mercado europeu da negociação de instrumentos de rendimento fixo.

Links Relacionados

Ficha do processo